Bahia Notícias

Feira de Santana: Motociclistas bêbados sem capacete são maioria em acidentes com traumas faciais

Foto Ilustrativa (PMMG/Divulgação)

Mais de 70% dos pacientes admitidos no principal hospital de Feira de Santana devido a quedas de motocicletas estavam sob influência de álcool, revelou o cirurgião bucomaxilofacial Thiago Leite em 2023. A falta de uso de capacetes é a segunda causa mais comum de internações por acidentes desse tipo.

No ano anterior, o serviço de emergência Samu de Feira de Santana atendeu a 1,7 mil casos de motociclistas acidentados, representando um aumento de 30,27% em relação ao ano anterior. Esses acidentes incluem colisões com carros, ônibus, bicicletas, caminhões e atropelamentos nos quais a moto também está envolvida.

O cirurgião relatou ter realizado mais de duas mil cirurgias de reconstrução facial devido a traumas causados por acidentes de moto. Essas cirurgias geralmente são de alta gravidade, pois os motociclistas frequentemente estavam alcoolizados e não utilizavam capacetes, o que aumenta significativamente a gravidade das lesões.

Somente em 2023, o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) realizou 480 cirurgias de reconstrução facial. A maioria desses pacientes (85%) é do sexo masculino e tem menos de 31 anos.